Sinopse: “O Terceiro Chega em Maio”

Mais uma novidade fresca! Mesmo em tempos conturbados, a Editorial Divergência continua a lançar novidades. Desta vez, temos o prazer de anunciar a publicação da obra «O Terceiro Chega em Maio», do cineasta António de Macedo.

Sinopse:

«O Terceiro Chega em Maio» é uma obra póstuma do cineasta António de Macedo que reúne vários contos da sua autoria, por si seleccionados e organizados cronologicamente, de 1997 a 2012. Ao longo da obra, acompanhamos o desabrochar de um artista com várias vozes, apaixonado pelo fantástico, pelo horror e pelo absurdo. Os cenários são diversificados e férteis, levando o leitor tanto a temer pelos protagonistas como a apaixonar-se pelo mistério construído e desconstruído página a página. A aposta do autor nos diálogos torna a leitura leve, sem prejuízo da carga por vezes filosófica que os raciocínios transportam – bem como a maturidade do próprio António de Macedo enquanto criador.

Se ficaste curioso, damos-te a conhecer o clássico do autor «Lovesenda ou o Enigma das Oito Portas de Cristal», previamente publicado pela Editorial Divergência:

Sinopse:

Altos Príncipes, Senhores de mim, sacerdotisas minhas irmãs — impacientais-vos? Quereis ouvir sem delongas a história abominável da arrebatada paixão da donzela Lovesenda, filha do conde Diogo Enheguiz, por um espectro? A história que está na raiz da sacrílega situação em que me despenhei? Aguardai porém um momento, suplico-vos: toda a alma tem paragens desconhecidas que somos obrigados a percorrer, por mais obscuras, e a alma da donzela Lovesenda e as inconfessáveis impaciências que nela desde cedo se alojaram exibem feias chagas que lhe foram abertas por uma fieira de medonhas investidas do outro mundo, tão feias como as dos secretos e despudorados procederes do conde Diogo, seu pai, e da condessa Châmoa Telles, sua mãe — cada um com sua traição para com o outro, e qual delas a pior.

Lovesenda é um marco na literatura fantástica portuguesa.
– Cristina Alves

Uma história medieval em que o místico é contado de forma tão convincente que mais parece um relato histórico.
– Rui Bastos

Erudito, divertido e fascinante, eis António de Macedo no seu melhor.
– Luís Filipe Silva

Podes encontrar o «Lovesenda ou o Enigma das Oito Portas de Cristal» aqui.

One Comment

  1. Pingback: Tecnologias e Estéticas: Capturas na Rede de 8 de Maio

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.