Rhys Hughes

Autor galês prolífico e de culto, recipiente de dois prémios Bristish Fantasy Awards, não só participa na primeira antologia do Universo Winepunk como publicou um conto no Reino Unido, tendo inclusive declarado num site de crítica literária especulativa que o mesmo tinha sido escrito no âmbito dum projecto português “’featuring ‘winepunk’ stories, a new sub-genre”. Sobre o mesmo conto Winepunk, o autor Paul Di Fillipo compara o estilo com o de Jonhathan Swift, numa critica publicada no prestigiado site dos americanos prémios Locus [“The Knees of Kionga” finds an entire African village undertaking a journey a la Baba Yaga’s walking hut en masse to Portugal, in a satirical manner that Swift might have been proud to conceive.”]

Comments are closed.