Divergência em força nas nomeações para o Prémio Adamastor

A Editorial Divergência está presente em força na lista de nomeações do público para a edição 2018 do Prémio Adamastor, com 5 livros e 15 contos a serem alvo da nomeação do público, que será entregue durante o Fórum Fantástico.

O Prémio Adamastor é atribuído pelo Colectivo Trëma, desde 2014, e pretende evidenciar anualmente a produção nacional, em vários formatos, dentro do género do Fantástico.

Vão ser atribuídos prémios em quatro categorias diferentes:

  • Grande Prémio Adamastor de Literatura Portuguesa
  • Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira
  • Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto
  • Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada

Na abertura do Fórum Fantástico 2018, serão anunciadas as listas curtas com as seis entradas mais nomeadas em cada categoria, que serão os candidatos ao prémio final.

Os livros editados pela Divergência que foram alvo de nomeação são Anjos, de Carlos Silva; Antologia Steampunk Internacional; Espada Que Sangra, de Nuno Ferreira; Lovesenda ou O Enigma Das Oito Portas de Cristal, de António de Macedo; e Proxy, antologia de cyberpunk.

Na categoria de Contos, há 15 entradas nomeadas que foram publicadas pela Divergência:

  • A Aranha – Pedro Cipriano
  • A Essência do Mal – Alexandra Torres
  • A Maldição de Odette Laurie – Nuno Ferreira
  • Alma Mater – José Pedro Castro
  • Bastet – Mário de Seabra Coelho
  • Coração de Pedra – Diana Pinguicha
  • Deuses como nós – Vitor Frazão
  • Genésis – Patrícia Morais
  • Modulação ascendente – Júlia Durand
  • O Conto da Sereia – Soraia Matos
  • Páginas Assassinas – Carina Rosa
  • Pecado da Carne – Carlos Silva
  • Vento parado – Ângelo Teodoro
  • Videri Quam Esse – Anton Stark
  • Y + T – Marta Santos Silva

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.