Custom Circus: o grupo que saltou das páginas de A Saga da Roda

Designer: Jessica Simões

Nascido do furtuito encontro de três consumados artistas e amantes da velocidade (Daniela Sousa, Rui Gago e Michel Alex) , o Custom Circus tem nascimento oficial em 2004, mas a sua inspiração nasce das páginas do livro “A Saga da Roda”, escrito em 1988 por Michel Alex. O livro descreve a vida nómada de clãs de bikers, num futuro pós-apocalíptico,  que se deslocam através da desolação do deserto em comboios de trailers e camiões, a par das omnipresentes choppers. Um desses clãs é o Custom Circus, responsável pela montagem dos espectáculos de que toda a a comunidade disfruta.

Entre 1994 e 2004, é uma companhia itinerante, organizando eventos e espectáculos para empresas multinacionais, mas em 2004 surge a necessidade de criar uma base mais permanente. O Custom Circus compra um antigo quartel dos anos 40, em Barcarena, e nascem os Nirvana Studios, um centro cultural alternativo, abrigo de uma comunidade de artistas independentes impressionante e a casa do Custom Café, a homebase do Custom Circus.

Neste momento, a companhia conta já com quase 1000 espectáculos, tendo em cena actualmente o Absurdium, cuja o sinopse o descreve como: “O espectáculo vive na estética pós-apocalíptica no ano de 2072 numa sociedade imaginária que convida o espectador a deixar-se envolver num mundo absurdo. Os elementos surpresa e visuais são os principais ingredientes desta produção. Como já é habitual na companhia Custom Circus, o espectáculo decorre numa panorâmica de 360º que permite aos artistas total liberdade de interacção com o público, sendo o final do show algo realmente inesperado.”

No dia 1 de Junho, os Nirvana Studios abrem as suas portas para o 16º Festival Nirvana Studios, dando ao público em geral a oportunidade de conhecer em primeira mão todos os projectos desta imensa e magnífica comunidade artística.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.