Balanço do Fórum Fantástico 2018

Foto por Ana Filipa Crow

Com três dias de programação intensa e estimulante, a edição 2018 do Fórum Fantástico foi uma bonita homenagem à literatura e BD (e não só) da ficção científica, horror e fantástico, com especial ênfase na produção nacional. Palestras e debates, workshops, jogos narrativos, exposições, animação e muitos lançamentos e prémios literários, marcaram um ano especialmente importante para a Editorial Divergência.

Workshops

Com Bruno Martins Soares e Pedro Cipriano
Foto por Ana Filipa Crow

Pedro Cipriano e Bruno Martins Soares apresentaram dois workshops de escrita criativa, “Como Matar Personagens” e “Da Ideia à Estrutura”. A propósito deles, ficam aqui as próprias palavras do autor de A Saga de Alex 9 e The Dark Sea War Chronicles, publicadas no seu blogue Hyperjumping:

So I don’t go to many events, but I choose a few I try never to miss. First among these is Fórum Fantástico. This year I was invited to animate a couple of workshops with my friend and publisher Pedro Cipriano. We did ‘How to Kill Your Characters’ once more (you can read about it here), and another one we called: ‘From Idea to Structure’ (about things you find here). At one of them, we had only one single student. A few years ago that would have broken my heart, but these days it didn’t surprise me nor discourage me – I had a blast speaking with this Brazilian national coming from France that just read about the workshop on a magazine and decided to show up.

Apresentação da Convergência

Com Pedro Cipriano e Rogério Ribeiro
Foto por Ana Filipa Crow

Pedro Cipriano apresentou também o projecto Convergência, uma loja online que disponibiliza a produção das pequenas e micro-editoras nacionais. A Convergência surgiu da necessidade dos autores e pequenas editoras chegarem aos leitores, sem terem de pagar as taxas e comissões que apenas podem ser suportadas pelos grandes grupos editoriais e que geralmente são cobradas pelas grandes superfícies. A Convergência marca a diferença por não cobrar taxas de adesão nem mensalidades, ficando apenas com uma pequena comissão por cada venda efectiva. A comissão é um valor acessível, bastante abaixo do que é geralmente praticado por outras plataformas do género.

Lançamento do Tudo Isto Existe, de João Ventura

Com João Ventura, Pedro Cipriano e Rogério Ribeiro
Foto por Ana Filipa Crow

Foi uma sala cheia que acolheu o lançamento deste tão esperado livro, a primeira colectânea da melhor ficção de João Ventura. Precedido pela peça de teatro Outro Sentido encenada por Sara Afonso, este lançamento foi especialmente acarinhado pela organização, sendo de referir o papel fundamental de Rogério Ribeiro, principal responsável pela existência e continuação do Fórum Fantástico, na concepção e realização deste livro. Colaborando na coordenação editorial, juntamente com Pedro Cipriano e na revisão com Júlia Pinheiro, é ainda o responsável pela ideia inicial da produção deste volume, pela Editorial Divergência. A magnífica capa de Inês Pedro Borges é o embrulho perfeito para um livro que só peca pelo tempo que demorou a tornar-se realidade.

Lançamento O Resto É Paisagem – antologia de fantasia rural

Com Luís Filipe Silva, André Oliveira e João Morales
Foto por Ana Filipa Crow

A ruralidade portuguesa é um manancial de inspiração fantástica, que passa pelas paisagens inóspitas, o isolamento humano e geográfico e toda a riqueza de mitos e lendas tradicionais, que insistem em persistir de geração em geração. O painel Living in the Country, com Luís Filipe Silva, coordenador da antologia, e André Oliveira, autor de BD, deram o mote inicial para o lançamento daquela que é a primeira antologia de fantasia rural em Portugal. Carlos Alberto Espergueiro, Daniela Maciel, Inês Montenegro, João Ventura, Lívia Borges, Pedro Galvão, Raquel Cal, Ricardo Correia, Rui Ramos e Simão Cortês são os autores dos dez contos presentes na antologia, sendo que muitos deles estiveram presentes para autografar exemplares do livro. Leonor Macedo é a artista responsável pela belíssima capa deste volume.

Sessão de Autógrafos de O Resto É paisagem
Foto por Ana Filipa Crow

Sessão de Autógrafos de O Resto É Paisagem
Foto por Ana Filipa Crow

 

 

 

 

 

 

 

 

Prémio António de Macedo

Prémio António de Macedo
Foto por Ana Filipa Crow

O Fórum Fantástico foi também o palco escolhido para a entrega do primeiro Prémio António de Macedo, criado para promover o romance de ficção especulativa em Portugal e homenagear aquele que é um dos grandes nomes da literatura e cinematografia nacionais do género. O vencedor desta primeira edição é Pedro Lucas Martins, com As Sombras de Lázaro. O prémio de 100 euros será entregue por ocasião da publicação do livro. Foi esta a escolha do júri constituído por Ana Cristina Luiz, Bruno Martins Soares, Carlos Silva, Pedro Cipriano e Rui Ramos, num prémio que ganha o nome de um dos maiores contribuidores para o universo fantástico nacional.

Prémios Adamastor

Todos os anos, os Prémios Adamastor, pretendendo evidenciar a produção nacional no género Fantástico, em vários formatos, atribuem, por nomeação e voto universal distinções nas categorias de Literatura Fantástica Portuguesa, Literatura Fantástica Estrangeira, Ficção Fantástica em Conto e Ficção Fantástica em Banda Desenhada.  As seis nomeações finais a concurso são escolhidas pelo voto online do público e é também o público, durante o Fórum Fantástico, que vota para escolher os vencedores de cada categoria. Enche-nos de orgulho que, nesta edição, o prémio para Ficção Fantástica em Conto tenha sido atribuído a A Aranha, de Pedro Cipriano, integrado na antologia Steampunk Internacional, publicada pela Editorial Divergência. É segundo motivo de orgulho que Pedro Cipriano seja também o vencedor do Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica, com As Nuvens de Hamburgo. Aqui ficam os resultados finais de todas as categorias:

  • Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa: “As Nuvens de Hamburgo”, de Pedro Cipriano (Ed. Flybooks)
  • Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Estrangeira: “O que se vê da última fila”, de Neil Gaiman (Ed. Elsinore)
  • Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Conto: “A Aranha”, de Pedro Cipriano (in Steampunk Internacional, Editorial Divergência)
  • Prémio Adamastor de Ficção Fantástica em Banda Desenhada: “Dragomante”, de Manuel Morgado e Filipe Faria (Ed. G Floy Studio – Portugal e Comic Heart)

Prémio Adamastor
Foto por Ana Filipa Crow

A todos os que participaram nos workshops, lançamentos, palestras e apresentações estendemos a nossa profunda gratidão pelo apoio e carinho demonstrados. Um agradecimento especial ao Rogério Ribeiro e a toda a equipa que organizou o Fórum Fantástico, aquele que, com certeza, continuará a ser o nosso palco privilegiado para a apresentação e divulgação do projecto Divergência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.