A Legendary Books leva o Lovesenda ao Motel X

25 Ago 18

A Legendary Books, em parceria com a Editorial Divergência, leva o livro Lovesenda, ou o Enigma das Oito Portas de Cristal de António de Macedo, ao MotelX, a festa  do cinema do terror e do fantástico de Lisboa.

Lovesenda ou o Enigma das Oito Portas de Cristal

Altos Príncipes, Senhores de mim, sacerdotisas minhas irmãs — impacientais-vos? Quereis ouvir sem delongas a história abominável da arrebatada paixão da donzela Lovesenda, filha do conde Diogo Enheguiz, por um espectro? A história que está na raiz da sacrílega situação em que me despenhei? Aguardai porém um momento, suplico-vos: toda a alma tem paragens desconhecidas que somos obrigados a percorrer, por mais obscuras, e a alma da donzela Lovesenda e as inconfessáveis impaciências que nela desde cedo se alojaram exibem feias chagas que lhe foram abertas por uma fieira de medonhas investidas do outro mundo, tão feias como as dos secretos e despudorados procederes do conde Diogo, seu pai, e da condessa Châmoa Telles, sua mãe — cada um com sua traição para com o outro, e qual delas a pior.

Passado na Beira, antes ainda da formação do que conheceríamos como Portugal, Lovesenda conta a história da filha do Duque de Viseu, donzela cobiçada por muitos, mas senhora de muitas paixões trágicas, que se vê enredada nas maquinações de Opheltes, mágico praticante das artes negras. Há feitiços e bruxas, damas intriguistas e donzelas amaldiçoadas, mouras encantadas (ou não), numa época em que tudo é regido pelos avanços e recuos da fronteira entre cristãos e mouros. A erudição do autor transparece nos pormenores históricos com que nos presenteia, entre intrigas palacianas e magia de proporções épicas.

António de Macedo

António de Macedo nasceu em Lisboa em 1931. Frequentou a Faculdade de Letras da Universidade Clássica (Curso de Ciências Pedagógicas e antigo curso de Literaturas Clássicas – Grega, Latina e Portuguesa) e a Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, onde se formou em Arquitectura em 1958. Exerceu durante alguns anos a profissão de arquitecto que abandonou em 1964 para se dedicar à actividade de cineasta, escritor e professor.

Inclui na sua extensa filmografia dezenas de documentários, programas televisivos e filmes de intervenção sociopolítica, bem como onze longas-metragens de ficção.

Paralelamente, especializou-se na investigação e estudo das religiões comparadas, de esoterologia, de história da filosofia, da estética audiovisual e das formas literárias e fílmicas de ficção especulativa, temas que tem abordado em inúmeros colóquios, conferências e em diversas publicações, quer de ficção, quer de ensaio. Tem publicados mais de uma dezena de livros, entre romances de ficção fantástica e ensaios temáticos.

Entre 2001 e 2005 dirigiu a colecção literária Bibliotheca Phantastica da antiga Editora Hugin; em Setembro de 2001 foi homenageado pelo 30º Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz, pelo contributo prestado à cultura cinematográfica portuguesa; em Maio de 2007 recebeu o Prémio Consagração de Carreira, da Sociedade Portuguesa de Autores; em 2012 foi homenageado pela Cinemateca Portuguesa com uma retrospectiva da sua obra cinematográfica completa, exibida durante os meses de Junho e Julho; e em Novembro do mesmo ano recebeu o Prémio de Carreira «Sophia 2012», da Academia Portuguesa de Cinema.

Em 2013 foi a vez do Fantasporto lhe dedicar uma homenagem com atribuição do troféu Prémio de Carreira, com textos subordinados ao tema «António de Macedo – O Fantástico no Cinema Português», inseridos no catálogo do 33º Festival Internacional de Cinema do Porto — Fantasporto 2013; e em 2014 recebeu o Prémio ADAMASTOR «Personalidade Fantástica 2014», atribuído pelo Colectivo Trëma e pelo Fórum Fantástico. O seu livro Lovesenda, ou Enigna das Oito Portas de Cristal recebeu o Prémio Escolha do Ano no Fórum Fantástico em 2017.

Faleceu a 5 de Outubro de 2017. A Editorial Divergência nomeou em sua homenagem o Prémio Anual para manuscritos inéditos.