Na Sombra das Palavras

“Algo se repete indefinidamente sempre que adormeço: um tigre reclama e domina com passos secretos e possantes os intervalos dos meus sonhos.” O PANÓPTICO, David Camarinha “Foi numa segunda-feira de raiva que o Esteves se encostou ao meu ouvido e sussurrou que algo de mau iria acontecer.” LABIRINTO DE PAPEL,…

Continue a ler

Chegaram os exemplares de “Na Sombra das Palavras”

Chegaram finalmente os exemplares para o lançamento da antologia “Na Sombra das Palavras”, que se realizará hoje às 15h na Biblioteca Municipal São Lázaro, em Arroios. O espaço escolhido para este nosso primeiro lançamento é também ele a biblioteca pública mais antiga de Lisboa, tendo ela sido criada em 1883.…

Continue a ler