[Proxy] Modulação Ascendente | Júlia Durand

Sinopse MODULAÇÃO ASCENDENTE por Júlia Durand Ser promovido. Um facto da vida de trabalho para uns, uma necessidade incontornável e desesperada para outros — outros como Irissa. Numa sociedade em que o ser humano é usado como ficha de descarte, há apenas uma única hipótese de poder subir na empresa,…

Continue a ler

[Proxy] Deuses Como Nós | Vitor Frazão

Sinopse DEUSES COMO NÓS por Vitor Frazão Que pode o homem que vende o dom da imortalidade temer? Cleo Maltez, coleccionadora e comerciante de artefactos tecnológicos do séc. XX, sabe a resposta. E sabe também que terá de achar solução para esse problema, a bem dos créditos na sua conta……

Continue a ler

Antologia “Proxy” | Blurb

Cristina Alves do blogue Rascunhos e Artur Coelho do blogue Intergalactic Robot falam-nos das suas experiências de leitura da nova antologia de cyberpunk, Proxy, a ser lançada no dia 24 de Setembro, no Fórum Fantástico em Lisboa: Enquanto o futuro não chega Proxy traz-nos as mais diversas possibilidades, em episódios…

Continue a ler

Cover Reveal: “Proxy”

PROXY: AUTORIZAÇÃO CONFIRMADA Bem-vindo, [Utilizador/a]. Proxy é o culminar de vários anos de trabalho e de estudo em leitura psico-criativa. Seis mentes, seis futuros que nunca existiram. Seis mundos. Os pináculos de Nova Oli e as entranhas de VitaVida. Modulações eléctrico-sonoras e o dilema da artificialidade. O poder da máquina…

Continue a ler

Antologia de Ficção Paranormal: Conto Escolhido

As submissões para a antologia de Ficção Paranormal fecharam na passada Segunda-feira, dia 15 de Agosto, com um total de mais de 20 participações. Após uma avaliação dos contos a concurso, foi escolhido “Vento Parado” de Ângelo Teodoro para integrar a antologia. Todos os autores que desejarem poderão contactar-nos por e-mail…

Continue a ler

1ª Antologia de Cyberpunk em Portugal: PROXY

PROXY: AUTORIZAÇÃO CONFIRMADA Bem-vindo, [Utilizador/a]. Proxy é o culminar de vários anos de trabalho e de estudo em leitura psico-criativa. Seis mentes, seis futuros que nunca existiram. Seis mundos. Os pináculos de Nova Oli e as entranhas de VitaVida. Modulações eléctrico-sonoras e o dilema da artificialidade. O poder da máquina…

Continue a ler